Como lidar com o excesso de informação?

Hoje há tanta informação disponível que, metaforicamente, você pode se afogar nela.

Num período não tão distante esse cenário não era tão rico e a palavra ou termo mais citado era a escassez de informações sobre qualquer assunto, e agora o cenário é outro, com a abundância de informação. E o que fazer agora com tanta informação? Pergunte-se o que é importante. A orientação é: tentar deixar só o essencial e adicionar aos poucos o resto. Reduza o tempo em cada item essencial e coloque limite nas informações.

Um dos mais renomados, brilhantes e vencedores técnicos do mundo esportivo e gestor do Manchester United durante 25 anos, Alex Ferguson, no seu livro Liderança (2016) em um de seus capítulos trata sobre o excesso de informação. Expõe esse cenário no início de sua carreira, onde a escassez de informações era imensa. Relata que no cenário atual a informação brota a cada milésimo de segundo e questiona: o que fazer com tanta informação? Qual informação utilizar?

Nesse contexto tão marcante nos deparamos com a overdose ou sobrecarga de informação como os autores mais modernos tem chamado o tema. Há um debate que renomeia não como a “era da informação”, mas como a “era da distração”.

Nessa “era da distração” devemos entender quais são os motivos que nos levam a querer tanta informação. Além da disponibilidade, do fácil acesso, o envolvimento com a informação está relacionado ao hábito, ao desejo de conhecer tudo sobre um assunto, ao medo de ficar desinformado e ao medo de perder oportunidades.

Se por um lado o excesso de informação é benéfico e nos permite estar a par de tudo, por outro lado é extremamente negativo e pode nos levar ao vício, à dependência.

Para que possamos lidar com a informação, algumas ações são necessárias para evitar a distração ou viés do nosso foco: imagine que você não é assim; se permita relaxar e eliminar a ansiedade de responder tudo na hora; dedique esse tempo a tarefas realmente importantes; dedique dias para criar rituais de foco e descanso; verifique se teve algo negativo e avalie se o comportamento é mais produtivo.

Neste boom de informação é necessário manter o foco e priorizar o que realmente importa. Tenha o hábito de planejar e reserve um momento para descansar a mente e seu corpo. Mesmo sabendo que mais e mais informação está sendo compilada, não se preocupe: quando você precisar ela vai estar lá, lhe esperando.

 

Ferguson, Alex e Moritz, Michael. Liderança: o que aprendi com a vida e nos meus anos no Manchester United. 1º Edição. Rio de Janeiro, Intrínseca, 2016

Rui, Fernando. Como lidar com o excesso de informação no dia a dia. www.cescimentocontinuo.com, Acesso em 20.04.2019.

 

Izan Müller da Silva, cientista da área da gestão, formado em administração de empresas e especialista em Gestão de Projetos. É desafiado por projetos complexos, em que consiga transformar números em conhecimento. Como analista esteve à frente de projetos para Ecosul, Triunfo, AGERS, Fisa, Labore, Sil Ambiental e Grupo Solvi.

No Comments

Post A Comment

© 2016 IPO - Todos os direitos reservados