O que o consumidor procura nas embalagens?

O IPO – Instituto Pesquisas de Opinião realizou uma pesquisa que buscou compreender a importância das informações das embalagens. O estudo foi feito nacionalmente junto aos consumidores com restrições alimentares e/ou consumo pautado na escolha de vida saudável (por auto declaração), das classes A, B e C.

Os dados apresentados demonstram que estes consumidores são mais críticos e exigentes e buscam praticidade nas informações sobre os produtos que consome. Têm o hábito de ler os rótulos das embalagens (97,6%) e necessitam de informações específicas para garantir a manutenção da sua qualidade de vida (75,1%), por isso consideram importantes as informações contidas no rótulo frontal das embalagens para a decisão de compra e declaram que faz diferença uma informação destacada na embalagem (91,7%).

Todos os testes indicaram que as informações nas embalagens advertindo sobre a composição do produto são importantes porque:

– Evitam acidentes, ocasionados pela restrição alimentar;

– Informam/orientam/agilizam na hora da decisão de compra;

– Ajudam na escolha de uma alimentação saudável.

A pesquisa realizou testes com diferentes tipos de embalagem de produtos específicos, para quem possui restrição alimentar ou tem um consumo pautado na escolha de vida saudável, verificando a compreensão sobre as informações contidas nos rótulos.

De forma geral, menos de 10% dos consumidores conseguem, de fato, identificar que os produtos se direcionam para alguma restrição específica. E quando interpelados sobre a dúvida acerca do seu entendimento, reiteram que buscam praticidade, e entre um produto que tenha uma informação destacada e outro sem, vão buscar aquele que atenda de forma mais rápida e prática a sua demanda.

Os dados desta pesquisa vêm ao encontro do que tem se observado nas mais diversas pesquisas de opinião sobre o comportamento do consumidor que o IPO tem realizado nos mais variados segmentos: o consumidor, na atual era da informação, está mais empoderado e demanda de informações mais otimizadas.

O desejo do consumidor é simples: ele quer um produto, serviço e atendimento empático (onde a empresa se coloque no lugar dele, tenha sensibilidade às suas necessidades). Cada vez mais os consumidores querem uma relação simples e verdadeira, onde fique claro os benefícios e limites do serviço ou produto oferecido.

 

Gisele Rodrigues, gerente de pesquisas do IPO, é a cientista social que conhece holisticamente o processo de investigação. Gerencia a equipe em termos de planejamento, execução e análise. Com mais de uma década de experiência em pesquisa, já coordenou os mais variados projetos quantitativos e qualitativos.

No Comments

Post A Comment

© 2016 IPO - Todos os direitos reservados